08
dez
09

“A cidade e suas luzes”*

*Frase da canção “San Vicente”, de Milton Nascimento/Fernando Brant

Neste mês, quando se discute – ou se pretende discutir – assuntos que poderão ditar os rumos do planeta, tão lindo mas tão maltratado; neste mês, quando vemos tantas luzes vestindo a urbe… Aproveito para publicar uma série de fotos que foram “tiradas” entre 2007 e 2008, de uma distância entre 350 e 400 km da Terra, por astronautas da Estação Espacial Internacional.

Como diz o texto dessa reportagem da BBC Brasil: “As cidades vistas à noite representam uma das mais belas e não intencionais consequências da humanidade“.

São Paulo foi uma das cidades registradas pelos astronautas da Estação Espacial Internacional. As áreas esverdeadas mostram os bairros mais antigos, iluminados por lâmpadas de vapor de mercúrio; os mais novo, com lâmpadas de sódio, aparecem nas regiões alaranjadas. À direita, Santos e São Vicente/Nasa

São Paulo foi uma das cidades registradas pelos astronautas da EEI. As áreas esverdeadas mostram os bairros mais antigos, iluminados por lâmpadas de vapor de mercúrio; os mais novo, com lâmpadas de sódio, aparecem nas regiões alaranjadas. À direita, Santos e São Vicente (Texto: BBC Brasil)

A Baía de Tóquio também foi objeto do ensaio sobre a Terra vista à noite do espaço. Os astronautas dizem que as cidades japonesas possuem uma luz azul-esverdeada própria, e por isso são reconhecidas imediatamente por eles (Texto: BBC Brasil - Foto: Nasa)

A Baía de Tóquio também foi objeto do ensaio sobre a Terra vista à noite do espaço. Os astronautas dizem que as cidades japonesas possuem uma luz azul-esverdeada própria, e por isso são reconhecidas imediatamente por eles (Texto: BBC Brasil)

Nos Estados Unidos, Los Angeles chama a atenção pela disposição regular de várias de suas ruas e avenidas. Para a Nasa, a cultura, a geografia e a tecnologia deixam uma marca nas cidades e possibilita aos astronautas saberem que parte da Terra estão sobrevoando

Nos Estados Unidos, Los Angeles chama a atenção pela disposição regular de várias de suas ruas e avenidas. Para a Nasa, a cultura, a geografia e a tecnologia deixam uma marca nas cidades e possibilita aos astronautas saberem que parte da Terra estão sobrevoando (Texto: BBC Brasil)

Londres, por exemplo, apresenta as características típicas das cidades européias, segundo os astronautas: as avenidas e estradas correm para fora do centro, como 'teias de aranha brilhantes' (Texto: BBC Brasil)

Londres, por exemplo, apresenta as características típicas das cidades européias, segundo os astronautas: as avenidas e estradas correm para fora do centro, como "teias de aranha brilhantes" (Texto: BBC Brasil)

Buenos Aires vista da EEI. 'Não construímos nossas cidades pensando em que cara elas vão ter a partir do espaço', diz a Nasa. 'As cidades vistas à noite representam uma das mais belas e não intencionais consequências da humanidade' (Texto: BBC Brasil)

Buenos Aires vista da EEI. "Não construímos nossas cidades pensando em que cara elas vão ter a partir do espaço", diz a Nasa

Imagens com melhor resolução, como esta de Seul, na Coreia do Sul, só foram possíveis graças a um tripé colocado sobre uma plataforma móvel que compensa a rotação da Terra e o movimento da EEI (Texto: BBC Brasil)

Imagens com melhor resolução, como esta de Seul, na Coreia do Sul, só foram possíveis graças a um tripé colocado sobre uma plataforma móvel que compensa a rotação da Terra e o movimento da EEI (Texto: BBC Brasil)

© Cartas de Tiro

Atualização em 1º/2/2011, 17h10

"Inconfundível". É assim que o Earth Observatory, ligado à agência espacial norte-americano (Nasa), se refere à Brasília.

Anúncios

4 Responses to ““A cidade e suas luzes”*”


  1. 1 Bia
    dezembro 9, 2009 às 19:27

    Legal essa frase sobre as cidade, “As cidades vistas à noite representam uma das mais belas e não intencionais consequências da humanidade“.
    Tive um professor de história que dizia que a cidade é maior e mais bonita criação do homem, e ele contou em classe que, na época dos burgos, nas portas das muralhas que ainda cercavam os centros urbanos que nasciam, era comum haver a frase “O ar de uma cidade liberta”. E de certa forma a cidade libertou o homem da Idade Média, né?
    Ai, Tio Johnny, vou acabar imitando você em alguma hora, e correr pra FFLCh estudar História!

    • dezembro 9, 2009 às 22:44

      Querida: realmente a frase é bem boa – na verdade, gostei dela tanto quanto gostei das fotos; ou talvez até mais…

      Faço aqui minhas as palavras de Lêdo Ivo, na “A Fábula da Cidade”: “Uma casa é muito pouco para um homem; sua verdadeira casa é a cidade“.

      Eu diria a você uma obviedade (mas muito real): nós ocidentais só somos o que somos, como somos, por conta do advento da cidade.

      Por tudo isso só posso concluir dizendo que o seu professor está muito certo, sem dúvida.

      Quanto à inigualável FFLCH: faça isso.

      E rápido.

      Beijão pra você. E muito obrigado por seu comentário, querida – aliás, verdadeiramente, um brilhante comentário.

  2. dezembro 10, 2009 às 15:27

    Oi,João…Boa tarde!

    Essas fotos -pela beleza plástica da imagem e pela semelhança-me fazem voar no inverossímel poético…
    Seriam as cidades “as constelações de casas e luzes” que os anjos vêem ? Por que não ?

    Afinal, levando-se em conta a perspectiva, todos podem ver estrelas.

    Perdoe-me o desvario, mas as imagens despertam meu lado abstrato. Não consegui fazer essa ponte histórica concreta que a Bia tão belamente explorou.

    Bjs.

    • dezembro 10, 2009 às 19:21

      Gizelda

      adorei sua “viagem”!

      E por falar no poético, suas observações também me lembram uma frase de uma música de Marcus Viana, “Amor Selvagem”:

      Estrelas são as lágrimas dos anjos a chorar (…)“.

      Uso sua indagação: por que não?

      Por favor, continue com seus “desvarios”. Corações e mentes agradecem…

      Beijão.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Utilidade Pública

EFEMÉRIDE

Temas

Imagem que conta…

Siga o Cartas de Tiro no Twitter

dezembro 2009
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

RSS Brasiliana

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Posts mais lidos

RSS Notícias

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Leitores por aí

Até o fim!


%d blogueiros gostam disto: