23
nov
09

Leitura pífia

Não há grandes discussões de que o hábito da leitura, entre nós, não é algo que seja evidente. Ao contrário.

As razões, certamente são as mais variadas: custos dos livros, pouca difusão, ausência de uma política pública adequada, questões culturais etc.

Mas achei que o brasileiro lia um pouco mais. Afirmo isso diante dos dados indicados abaixo.

Cada vez mais me preocupo quando leio – ou ouço – a célebre frase de Lobato: “Um país se faz com homens e livros“.

Brasília – Um levantamento do Instituto Pró-Livro confirma que o brasileiro lê pouco. São 77 milhões de  não leitores, dos quais 21 milhões são analfabetos. Já os leitores, que somam 95 milhões, leem, em média, 1,3 livro por ano. Incluídas as obras didáticas e pedagógicas, o número sobe para 4,7 – ainda assim baixo. Os dados estão na pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, feita com 5.012 pessoas em 311 municípios de todos os estados em 2007.

‘O livro é pouco presente no imaginário do brasileiro’, explica o diretor do Livro, Leitura e Literatura do Ministério da Cultura, Fabiano dos Santos.

Nos Estados Unidos, por exemplo, a população lê, em média, 11 livros por ano. Já os franceses leem sete livros por ano, enquanto na Colômbia, a média é de 2,4 livros por ano. Os dados, de 2005, são da Câmara Brasileira do Livro (CBL) e do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel), que integram o Instituto Pró-Livro.

Detalhes dos hábitos do brasileiro relacionados ao livro, revelados na pesquisa, atestam esta afirmação. O levantamento considera como não leitores aqueles que declararam não ter lido nenhum livro nos últimos três meses, ainda que tenha lido ocasionalmente ou em outros meses do ano.

Entre os leitores, 41% disseram que gostam muito de ler no tempo livre, enquanto 13% admitiram que não gostam. Também entre os 95 milhões de leitores brasileiros, 75% disseram que sentem prazer ao ler um livro, mas 22% sustentaram que leem apenas por obrigação.

Com as estatísticas nas mãos, Fabiano dos Santos diz que há dois caminhos a percorrer para fazer do Brasil um país de leitores: ampliar o acesso ao livro e investir na formação de leitores.

A pesquisa Retratos da Leitura no Brasil sugere que a maior influência para a formação do hábito da leitura vem dos pais, o que explica o fato de que 63% dos não leitores informaram nunca terem visto os pais lendo.

Por outro lado, o levantamento sugere que o hábito de ler é consolidado na escola e quanto maior o nível de escolaridade, maior o tempo dedicado à leitura. Entre os entrevistados com ensino superior, há apenas 2% de não leitores e 20% disseram que dedicam entre quatro e dez horas por semana aos livros. Este índice cai para 12% entre estudantes do ensino médio.  

‘É em casa e na escola, que os leitores são formados. Depois dos pais, os professores são os maiores incentivadores, mas poucos têm a experiência da leitura. E, neste caso, fazer do aluno um leitor é uma mágica’, diz o diretor do Livro do Ministério da Cultura.

O professor de Literatura Dilvanio Albuquerque considera que o desinteresse do brasileiro pelos livros não pode ser atribuído apenas à família e à escola. ‘O problema é mais amplo. Não podemos falar que a culpa é da instituição, seja ela familiar ou escolar, porque, na verdade, o problema é cultural’.

Para o professor, até entre os universitários, o hábito da leitura não é comum, inclusive nos cursos em que o contato com a escrita é fundamental. ‘Normalmente a universidade não oferece um bom acervo. Moramos em um país em que os livros são caros e de difícil acesso’, disse“.

A reportagem é da Agência Brasil.

© Cartas de Tiro

Anúncios

3 Responses to “Leitura pífia”


  1. novembro 24, 2009 às 08:57

    Bom dia , João…

    O adjetivo no título ” caiu como uma luva”. Talvez se possa explicar um pouco o analfabetismo funcional no qual o Brasil se encontra.Muitos que lêem não têm a menor noção do que leram.

    Acho que leitura precisa mais do que incentivo escolar e/ou familiar ( necessários sim ), precisa de alumbramento, epifania e isso só quem ama ler consegue passar.

    Ser pobre, favelado, não ter dinheiro para comprar livro, nada disso impede que se crie um mundo particular que só a leitura consegue promover e que nos impulsiona vida afora. Há sebos, bibliotecas públicas, amigos que compram livros, e tantos outros meios de chegar ao mundo fantástico que a leitura proporciona! Talvez faltem as pessoas certas nos centros difusores dessa arte…pessoas encantadas que motivem os que as cercam.

    Em uma proposta de vestibular de anos anteriores, onde o tema foi a importância da leitura, havia um texto na coletânea que transcrevo aqui :

    Juventude perdida
    Espantoso o resultado da pesquisa realizada pelo Instituto de Cidadania. Foram ouvidos 3.501 brasileiros de 15 a 24 anos, de seis Estados e 198 municípios, abordando temas gerais da vida, como lazer, sexualidade, trabalho e escolaridade. O estudo foi entregue ao presidente Lula. O que mais chama a atenção é a abstinência cultural do jovem brasileiro:
    • 23% nunca leram um livro
    • 39% nunca foram ao cinema
    • 62% nunca foram ao teatro
    • 59% nunca foram a um show musical
    • 52% nunca estiveram numa biblioteca fora da escola
    (JB online-)

    E aí , somando-se a um olhar à grade comercial da TV,você entende que ,em um mundo onde o consumo de bens materiais é tão intenso, ninguém se atreverá a divulgar livros.

    Triste, não é?

    Beijos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Utilidade Pública

EFEMÉRIDE

Temas

Imagem que conta…

Siga o Cartas de Tiro no Twitter

novembro 2009
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

RSS Brasiliana

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Posts mais lidos

RSS Notícias

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Leitores por aí

Até o fim!


%d blogueiros gostam disto: