16
out
09

Dia Mundial da Alimentação

A questão em pauta hoje deve ser: por que há fome e privação em qualquer terra, cidade, mesa, quando o homem tem recursos e conhecimento científico para prover toda a humanidade com o básico necessário à vida?” (Martin Luther King).

L'ernesto.it - Cartunista: Apicella

 © Cartas de Tiro

Anúncios

4 Responses to “Dia Mundial da Alimentação”


  1. outubro 17, 2009 às 08:43

    Bom dia , João…

    …mas, triste. Olhar essa manhã tão bonita e refletir sobre a pergunta do seu post me faz sentir parte de uma raça- a humana(?) – pequena e mesquinha.

    Dados alarmantes da Fao nos dão conta de que um bilhão de pessoas estão famintas no mundo, em linha abaixo da miséria.

    E o que se pode ver é que ganância, arrogância e egoísmo são o tripé fundamental do poder que o se humano quer exercer a qualquer preço. Enquanto isso solidariedade e compaixão serão apenas palavras bonitas adormecidas no dicionário e enfeites de textos criados para causar impacto.

    Lamentavelmente é isso : consciência sem ação.

    Bjs.

    • outubro 17, 2009 às 11:05

      Gizelda, você está corretíssima.

      De fato, o ser humano não tem dado bons exemplos. E a FAO fornece os dados que nos dão conta disso.

      Mas ela própria faz parte de um sistema (ONU) que deveria auxiliar nessa questão, mas, infelizmente, pouco faz. E por quê? Exatamente em razão de atender aos interesses de poucos países, que se pautam pela “ganância, arrogância e egoísmo”. O multilateralismo que deveria permear as ações do órgão não passa de um engodo.

      Por isso é que acho que o “quadrinho” que postei significa muito: a FAO, como responsável, em termos globais, pelo tema, fornecendo as informações mas, pela boca, é empurrado goela abaixo o “alimento” bélico, muita vez autorizado pela entidade maior da qual ela faz parte.

      Nossos irmãos do Afeganistão estão aí a demonstrar isso.

      Muito obrigado pelo seu comentário. E um beijo bem forte.

  2. outubro 17, 2009 às 11:31

    O Analfabeto Político
    Bertolt Brecht

    O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.

    O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Utilidade Pública

EFEMÉRIDE

Temas

Imagem que conta…

Siga o Cartas de Tiro no Twitter

outubro 2009
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

RSS Brasiliana

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Posts mais lidos

RSS Notícias

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Leitores por aí

Até o fim!


%d blogueiros gostam disto: