26
abr
09

Jornaleco

A “Folha de São Paulo”, se não bastasse não ceder em fazer jornalismo de qualidade duvidosa, ainda por cima atua com evidente má-fé e em desrespeito aos “freios e contrapesos” que devem pautar a ação dos veículos de imprensa.

Na sua edição dominical (provavelmente o dia de maior vendagem) de 5/4/2009 estampou, no alto esquerdo de sua primeira página, uma foto do que seria a ficha da polícia política da época da ditadura relativa à ministra Dilma Rousseff, associando-a a um plano de sequestro do então ministro da Fazenda Delfim Netto.

FSP - 5/4/2009

Os dias que se seguiram foram de desmentidos que partiram principalmente da própria ministra Dilma, que chegou inclusive a apontar que a ficha publicada era fruto de grosseira manipulação.

Pois bem, a mesma Folha, na edição de 25/4/2009, um sábado (por que não no domingo?), se “retrata”, reconhecendo o “equívoco”. Equívoco imperdoável, pois a vida de um veículo de comunicação está intimamente ligada à checagem de informações, fontes etc., tudo com o fim de retratar a verdade fática. Mas esse jornal, assim como outros veículos da imprensa marrom nacional, como aliás já tratado neste blog, não se esmera e, pelo visto, não se preocupa com isso. Ou seja, primeiro atira; depois pergunta quem é.

Um descalabro.

Na edição de hoje, domingo, 26/4/2009, o ombudsman do jornal, muito timidamente, diz:

ANTIGOS DOCUMENTOS DE BUSH E DILMA

Dois meses antes da eleição presidencial americana de 2004, a rede de TV CBS exibiu reportagem do respeitadíssimo jornalista Dan Rather sobre documentos comprometedores de quando George W. Bush, candidato à reeleição, fazia serviço militar.

A CBS não comprovou a autenticidade dos papéis, depois confirmados como fraudulentos. Ela e Rather foram acusados de tentar influir no pleito. Tudo indica que não houve má-fé. Mas a credibilidade de ambos saiu abalada.

A já complicada reportagem da Folha sobre a atuação de Dilma Rousseff durante a ditadura segue caminho parecido.

O jornal não tem como provar que a ficha policial de Dilma na época, reproduzida na edição, é autêntica. Em telefonema ao ombudsman, ela disse estar segura de que é falsa.

Os mecanismos de controle da autenticidade de informações do jornal precisam de reforço. A internet, onde a ficha circula há meses, é fértil para fraudes. É péssimo se deixar enredar nela. O custo pode ser altíssimo. Para ele, o público e as pessoas envolvidas“.

Penso que é muito pouco. No mínimo, o jornal deveria fazer à ministra um formal pedido de desculpas, diante do seu “descuido”, na primeira página da edição de um mais que breve domingo. Todavia, duvido.

post de Rodrigo Vianna auxilia a aclarar tudo.

Anúncios

3 Responses to “Jornaleco”


  1. 1 Ziri
    abril 27, 2009 às 07:58

    Alguém está incomodando, então começa novamente a mesma história. É jogo sujo na cara dura.Ainda bem que as informações hoje circulam bem mais rápido e fácil nos abrindo o olho. Será que essa corja nunca vai se acabar? Precisamos achar a cura pra esse tumor da humanidade.

    • abril 27, 2009 às 20:28

      Caro Ziri

      Realmente os caras não medem esforços para fazer valer suas más intenções.

      E penso que isso existirá, infelizmente, sempre e sempre – é o lado ruim da natureza humana.

      Como atenuar e fazer valer a verdade? Exatamente denunciando as inverdades – como fazem Rodrigo Vianna, Luiz Carlos Azenha, Eduardo Pedrasse e outros do mesmo quilate.

      E, claro, usando talvez a nossa maior arma: o voto.

      Forte abraço – e muito obrigado por seu comentário.

  2. 3 Edu Pedrasse
    abril 29, 2009 às 12:48

    Soube dessa manipulação grosseira pelo blog Vio o Mundo.
    Às vezes sinto que estamos na iminência de um golpe…talve disfarçado, “brando”…..

    Aí as máscaras vão cair mesmo.

    E vamos saber de que lado cada um está….


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Utilidade Pública

EFEMÉRIDE

Temas

Imagem que conta…

Siga o Cartas de Tiro no Twitter

abril 2009
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

RSS Brasiliana

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Posts mais lidos

RSS Notícias

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Leitores por aí

Até o fim!


%d blogueiros gostam disto: