24
abr
09

Bizarro (se não fosse trágico)

Transcrição do Jornal do Brasil Online:

RIO – O juiz Antônio Aurélio Abi Ramia Duarte, da 12ª Circunscrição do Registro Civil de Pessoas Naturais (RCPN), realizou na manhã desta sexta-feira, um mutirão para autorizar o sepultamento de um total de 21 corpos ‘esquecidos’ no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Além do magistrado, participaram da ação a promotora Nélia Nahid, a diretoria do hospital e funcionários do cartório.

A maior parte dos cadáveres é de pessoas reconhecidas pela família, mas que foram deixadas nas dependências da unidade devido ao alto custo dos sepultamentos.

– As pessoas carentes desconhecem que é possível realizar o enterro dos seus familiares de forma gratuita junto à Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro – explicou o juiz.

A medida foi tomada depois que o juízo foi comunicado pela nova direção do hospital que seu necrotério, que tem capacidade para abrigar 18 cadáveres, estava sobrecarregado. Além disso, outro fator fundamental foi o perigo de contaminação dos demais setores da unidade, principalmente alas próximas, como o centro cirúrgico, a UTI e o setor de alimentação.

– A Comissão de Infecção Hospitalar do Lourenço Jorge nos alertou para o perigo que corriam funcionários e pacientes com a existência de tantos corpos no local. A propagação de microorganismos é intensa e o odor muito forte – afirmou a diretora médica Denize Monteiro, contando que há corpos esperando por um enterro desde 2005.

Sem contar o risco iminente de contaminação, o juiz Ramia Duarte acredita que o sepultamento desses corpos se tornou uma obrigação do Poder Público. Para ele, que em 48 horas conseguiu autorizar 21 sepultamentos – seis autorizações na quarta-feira e outras 15 nesta sexta-feira – , também é um dever do Estado proporcionar um fim digno para as pessoas.

– Através da união entre a Magistratura, o Ministério Público e a direção do hospital conseguimos lograr êxito e destinar um fim digno e respeitável a estas 21 pessoas. Vamos sepultá-las com a dignidade que elas merecem. Resta a questão social, de conscientizar a população a respeitar seus entes perdidos – ressaltou.

O novo diretor geral do hospital, Francisco Matheus, disse que a iniciativa é muito bem-vinda, já que esse era um problema que atrapalhava o funcionamento da unidade. Segundo Matheus, a união de esforços com o Tribunal para resolver a questão foi essencial.

– Mapeamos tudo o que tinha que ser resolvido no hospital e detectamos esse problema. Com a ajuda do juízo, haverá um fluxo para regularizar essa situação e impedir que ela ocorra novamente. 

02:39 – 18/04/2009″ (destaquei).

Anúncios

3 Responses to “Bizarro (se não fosse trágico)”


  1. 1 Ziri
    abril 24, 2009 às 19:19

    A beira do caos!!
    Quando pensamos que pior não fica, estamos enganados.

    • abril 24, 2009 às 22:41

      Concordo, querido.

      Já disse algumas vezes: sob o ponto de vista de valores, o mundo já acabou e parece que isso não foi percebido.

      Quando até a quem já se foi não se dá dignidade, é o fim.

      Falo isso sem melancolia.

  2. 3 Edu Pedrasse
    abril 29, 2009 às 12:53

    Sobre a máfia das funerárias não é preciso dizer mais nada…

    8 milhões de quilometros quadrados….uma pá e lage de concreto.
    Não é muito.

    Estes caras estão piores que os nazistas que pelo menos faziam covas coletivas ou cremavam os corpos….


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Utilidade Pública

EFEMÉRIDE

Temas

Imagem que conta…

Siga o Cartas de Tiro no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

abril 2009
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

RSS Brasiliana

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Posts mais lidos

RSS Notícias

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Leitores por aí

Até o fim!


%d blogueiros gostam disto: