18
abr
09

Um “ser’ ‘vil”

Desfaçatez.

Isso é o mínimo que se pode dizer quando nos referimos a Diogo Mainardi.

Esse infeliz não pensa quando pratica seu esporte predileto: o golpismo.

E, na sua sanha, desmerece a inteligência das pessoas, a ponto de formular equações que não passam de patacoadas. Imaginem só: esse moço associa a redução do IPI que recai sobre o cimento (medida que objetiva apenas a tentativa de aceleração da velocidade da construção civil nesse momento de crise) com o tráfico de drogas, especificamente cocaína.

Ah, sim, para ele, na verdade, a referida redução também acelerará a favelização – dito em alto e bom som, ao melhor estilo de sua colega de auditório Danuza Leão, como claramente expõe Rodrigo Vianna.

Ridículo.

O brilhante matemático Diogo elaborou a pérola na penúltima edição da mais-que-apropriada-para-ele revista Veja – esse folhetim que, de forma contumaz, vem prestando desserviços à nação.

É excelente a análise de Luiz Antonio Magalhães, feita no “Observatório da Imprensa”.

O recado do meu mascote só pode ser esse:

imagem sem dizeres - almanaquebrasil.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Utilidade Pública

EFEMÉRIDE

Temas

Imagem que conta…

Siga o Cartas de Tiro no Twitter

abril 2009
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

RSS Brasiliana

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Posts mais lidos

RSS Notícias

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Leitores por aí

Até o fim!


%d blogueiros gostam disto: