19
fev
09

Só mudam as moscas…

Recolhia material na internet para publicar um post sobre o envio, por Barack Obama, de um contigente aproximado de 17 mil bravas almas (our boys) ao Afeganistão. E externar minha profunda tristeza – e não surpresa – em razão disso, pois acredito, como já disse alhures, que o viés belicoso da sociedade estadunidense é praticamente imutável. E Obama é parte disso, claro.

bluejacket.com

Pois bem, realizando essa pesquisa, me deparei com um artigo assinado por Charlie Savage, do Boston Globe, aliás o ganhador do Prêmio Pulitzer de 2007 (em inglês) na categoria “reportagem nacional”, pela cobertura do uso, por George W. Bush, de “declarações assinadas” (signing statements). Em miúdos: ele simplesmente se julgava no direito de colocar, nas leis aprovadas pela Casa Legislativa norte-americana, quando de sua sanção, o indicativo da interpretação que seria adotada pelo Poder Executivo e de como a norma seria aplicada. Isso lhe garantiu a abertura de um flanco para ignorar ou modificar o idéario e a própria letra da lei, desprezando o que foi regularmente aprovado pelo Congresso. Ou seja, um descalabro.

O artigo que aqui interessa, escrito para o The New York Times,  trata exatamente da continuidade, pelo governo Obama/Biden, de boa parte da política praticada por Bush contra o que consideram eles “terrorismo”.

É evidente que Obama e seu staff adotam tais posições de forma um tanto velada, em cerimônias pouco concorridas (como a dizer, enquanto a Pátria-Mãe dorme, tão distraída), decerto para não colocar em xeque seu esforço midiático de evidenciar que ele representa “a” mudança. E para não manchar ações diretamente ligadas a essa temática, como a ordem para o fechamento da prisão de Guantánamo, assunto já tratado neste blog.

A mantença da política strike against terror, calcada nos fundamentos da “guerra preventiva”, passa, por exemplo, pela possibilidade de deter, por prazo indeterminado, suspeitos de terrorismo, sem qualquer julgamento prévio; Obama também retira do seu saquinho de maldades a possibilidade de transferir indivíduos capturados pela CIA, por suspeita de terrorismo, para terceiros países sem qualquer processo regular de extradição, confiando, apenas, nas garantidas diplomáticas de que serão bem tratados; e, sem qualquer trocadilho, outras cositas más.

Tudo em nome da segurança nacional – doutrina de triste lembrança que, por aqui, levou à supressão de liberdades civis e que fez inúmeras vítimas, a exemplo de Vladimir Herzog. Nada muito diferente da sua aplicação mais ao Norte. E pelo Norte.

A ridícula caçada a Osama Bin Laden continua.

Por tudo isso talvez fique mais clara a frase de Ayman al Zawarhiri, nº 2 na hierarquia da rede Al Qaeda, em vídeo postado divulgado na internet em novembro de 2008: “Obama é o exato oposto de negros americanos honrosos como Malcolm X”, acrescentado que, na verdade, Barack é um escravo negro a serviço dos brancos”.

A íntegra do artigo de Savage aqui, na tradução feita pelo UOL. Aqui, em inglês.

Anúncios

1 Response to “Só mudam as moscas…”


  1. março 6, 2009 às 11:16

    Excelente e esclarecedor artigo, João.

    Estava muito fácil mesmo…muito edílico…pra ser verdade.
    Usando as tuas próprias palavras, que uma vez usaste no meu Blog: “As máscaras caem e o engodo aflora”.

    Sim, esse mulato Obama não passa de mais um Pai Tomás, de um Uncle Tom, do preto serviçal, a serviço da casa grande.

    Salve Malcom X

    Como dizia meu avô Pedro….” mai isso fai muito tempo…naquele tempo que tinha ómi”

    Abraços

    Edu


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Utilidade Pública

EFEMÉRIDE

Temas

Imagem que conta…

Siga o Cartas de Tiro no Twitter

fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

RSS Brasiliana

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Posts mais lidos

RSS Notícias

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Leitores por aí

Até o fim!


%d blogueiros gostam disto: