04
fev
09

4 de fevereiro de 2009

Encontro-me neste momento no trabalho, às voltas com as demandas judiciais que assolam este Estado federado. Estou quase louco com a quantidade de ações. Elas simplesmente pululam.

Toca o meu celular e, pela identificação, verifico que se trata de minha (querida) cunhada Rita. “Que bom!”, penso. Afinal, trata-se de um alento, uma pausa. Ela diz:

– “João, você pode falar agora?

– “Sim, querida, claro!” – respondi. E ela:

– “Você viu hoje o blog do Mino?“. E eu:

– “Não. Por que?

– “Ele está se despedindo do blog, de quase tudo o que faz. Não vai mais escrever porque está totalmente desiludido com tudo no país” – falou ela, sinceramente pesarosa. E acrescentou: “João, tá muito bonito o que o Mino escreveu. Mas é muito triste…“.

Esse o nosso breve diálogo. Imediatamente fui para o blog do Mino e li, também emocionado, o que representa o último post desse bravo homem, que não se curva, não esmorece e não se amedronta.

É praticamente certo (para não dizer totalmente certo) que Mino Carta não lerá este post. Mas não importa. Gostaria apenas que soubesse, por este caminho (e de aqui registrar), que ele deixa para o futuro, sim, muito mais do que “uma única, escassa linha” da sua a escrita. Não há dúvida, portanto, que ele conferiu, sim, muito mais do que “um mínimo de importância” à sua profissão.

Ele deixa um exemplo de conduta.

Com o encerramento do seu blog, perdemos todos, mas perde em especial o Jornalismo (assim mesmo, com “JOTA” maiúsculo). E o Brasil.

Espero que essa desilusão, que esse ferida cicatrize em breve. E que sua voz permaneça em CartaCapital.

Estou enlutado. E por mais 3 dias assim ficarei.

Anúncios

5 Responses to “4 de fevereiro de 2009”


  1. 1 Carlim
    fevereiro 4, 2009 às 23:09

    Joni

    Só dois coisas, nesse caso do Mino, deixara-me tão emeocionado quanto a despedida: a tristeza da Bia, a menos de uma semana do início do curso de jornalismo, e seu post. Foi bonito, só que doeu.

  2. fevereiro 7, 2009 às 02:10

    Fiquei sabendo desta história aqui neste Blog.

    É uma lástima.

    Como sempre, venho acompanhando o Blog de Mino diariamente e percebo pela “chuva de respostas” que ele anda dando aos frequentadores que o nível dos últimos anda muito baixo mesmo. Um festival de grosserias, como ele mesmo falou.

    Mino está cansado. Cansado de toda patacoada deste país.

    Mas, acho que o cansa mais Mino é viés autoritário do povo brasileiro. Digo isso analisando a falta de argumentação coerente e imposição raivosa dos comentários no seu Blog. Procedimentos típicos de um povo autoritário, que traz o Capataz com o chicote já incorporado no seu código genético, que convence pelo reio, e não pela discussão lúcida.

    O que se podia esperar de um povo cujo país é derivado de um objeto de comércio?

    Tristes trópicos.

    Estarei escrevendo sobre isso no meu blog.

    No mais compartilho o luto contigo.

    • fevereiro 7, 2009 às 10:31

      Caro

      Realmente, tudo indica que Mino Carta cansou. E se decepcionou. Com tudo.

      Esse viés do nosso povo já foi objeto de várias conversas nossas. Além, claro, do ranço característico de boa parte dos formadores de opinião tupiniquins.

      No mais, é impressionante a falta de capacidade de discordar de forma elegante.

      Não há nada que justifique, senão a absoluta falta de educação, o uso de grosserias para apontar divergências.

      A prática da dialética, em seu melhor sentido, não é “o forte” por essas bandas.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Utilidade Pública

EFEMÉRIDE

Temas

Imagem que conta…

Siga o Cartas de Tiro no Twitter

fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

RSS Brasiliana

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Posts mais lidos

RSS Notícias

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Leitores por aí

Até o fim!


%d blogueiros gostam disto: